Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
O Blog do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae é um dos veículos de comunicação em que circulam informações, produção de conhecimento, experiências clínicas e de pesquisa de seus diferentes membros. A interlocução com o público, dentro e fora do Departamento, é uma maneira de disseminar a troca no campo da Psicanálise e possibilitar a ampliação do alcance das reflexões em pauta. Fazem parte da equipe do Blog: Ana Carolina Vasarhelyi de Paula Santos, Fernanda Borges e Gisela Haddad.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

A entrada do Departamento na FLAPPSIP

Roberta Kehdy, articuladora de Relações Externas do Conselho de Direção, falou para o Blog um pouco sobre o percurso de entrada do departamento na FLAPPSIP (Federação Latino Americana de Associações  de Psicoterapia Psicanalítica e Psicanálise). Confiram!

A partir de maio de 2017, o Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae passou a fazer parte da FLAPPSIP (Federação Latino Americana de Associações  de Psicoterapia Psicanalítica e Psicanálise), uma federação que existe desde 1998 e reúne  as seguintes  instituições psicanalíticas da américa latina:

ARGENTINA – AEAPG - Asociación Escuela Argentina de Psicoterapia para Graduados   
ASAPPIA - Asociación Argentina de Psiquiatría y Psicología

BRASIL - CEP de PA-Centro de Estudios Psicoanalíticos de Porto Alegre
CPRJ- Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro
Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae

CHILE - ICHPASociedad Chilena de Psicoanálisis

MÉXICO - IMPAC Instituto Mexicano de Psicoanálisis

PERÚ – APPPNAAsociación Peruana de Psicoterapia Psicoanalítica
ADPP-Asociación de Psicoterapia Psicoanalítica
CPPLCentro de Psicoterapia Psicoanalítica de Lima

URUGUAY
AUDEPP- Asociación Uruguaya de Psicoterapia Psicoanalítica

A FLAPPSIP é uma rede de instituições comprometidas com a discussão, intercâmbio, produção e difusão do pensamento psicanalítico e suas diversas práticas originadas nas descobertas de Sigmund Freud e seguidores pós-freudianos e considera que o intercâmbio científico e o conhecimento mútuo entre as instituições participantes, assim como entre seus membros, reverterá em benefício para todos. Constitui esta uma forma de integração de seus membros latino-americanos fortalecendo as raízes comuns e projetando-se para o futuro.
A participação nesta federação acontece sempre pela via institucional, dando direito a que todos os membros e alunos a partir do 1o ano de formação sejam associados. Nos congressos bianuais, existe inclusive um prêmio destinado aos melhores trabalhos de alunos em formação.
O interesse em participar desta associação veio do desejo de neste momento político-institucional, formalizar a possibilidade de ampliar o campo de interlocução do nosso pensamento com outros espaços e instituições e compartilhar a psicanálise que praticamos e teorizamos.

Este processo começou em 2015, a partir da disponibilidade e experiência de alguns colegas, que organizaram uma comissão inicialmente composta por Alessandra Sapoznik, Mário Fuks, Renato Mezan , Roberta Kehdy e Sílvia Alonso. Depois de uma pesquisa das organizações existentes, escolhemos esta  associação por possuir grandes afinidades com nossa maneira de pensar o campo psicanalítico: a transmissão cuidadosa do pensamento psicanalítico, a preocupação com o contexto social e as suas incidências na subjetividade de nossa época, o interesse pelo lugar da psicanálise na clínica ampliada e o compromisso com a pesquisa em psicanálise.

Assim, levamos a proposta de associação à FLAPPSIP em assembleia realizada em dezembro de 2016 onde foi aprovada por nossos membros.

No último mês de maio, participamos do IX Congresso da Federação “Psicanálise num mundo em transformação” que se realizou em Porto Alegre. Neste, Silvia Leonor Alonso participou como representante do Departamento na mesa interinstitucional sobre o tema “Luto e Melancolia: importância e vigência do texto”, a convite da Comissão organizadora do Congresso e vários textos que foram apresentados por colegas do Departamento em mesas temáticas estão incluídos nos anais do Congresso. Mario Fuks e Roberta Kehdy como delegados provisórios participaram da Assembleia de Delegados na qual foi aprovada a pertinência de nosso Departamento à federação.

Como esta entrada trará muitos desafios, decidimos  manter  a comissão  inicial como um espaço  de  interlocução à qual se  juntaram as colegas Cristina Herrera e Nanci Lima.

Convidamos a todos que  acessem o site da FLAPPSIP para conhecerem um pouco mais da federação: www.flappsip.com, onde encontrarão os trabalhos apresentados no congresso bem como uma agenda com as diversas atividades das entidades associadas para o próximo semestre  e os  cursos que promovem.

A partir de outubro, também teremos no site do departamento, uma seção FLAPPSIP, com informações atualizadas da Federação,

Representação eleita para o biênio 2017/2019 :
Delegadas  Roberta Kehdy (Articuladora de Relações Externas) e Sílvia Alonso 

Interlocutor com a Revista Virtual – Renato Mezan

Nenhum comentário:

Postar um comentário